Dez jovens, de 17 a 22 anos, dos bairros Maria Luiza, Parque Residencial São Paulo, Hortências, Valle Verde, Iedda, São Rafael e Águas do Paiol, integram o Programa de Preparação para o Trabalho (PPT), do Centro de Promoção Educacional e Social na Comunidade (Ceproesc), com aulas no contra turno escolar, na Rua Expedicionários do Brasil, na região central de Araraquara.

De acordo com a secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Jacqueline Pereira Barbosa, os jovens e adolescentes foram indicados por meio de levantamento técnico realizado nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras).

“É uma possibilidade para o primeiro emprego. O objetivo é oferecer oportunidades para os jovens de inserção no mercado de trabalho, desde como comportar-se na entrevista, a postura na empresa e o trabalho em equipe”, relata Jacqueline.

No projeto que tem como temática a Inclusão Digital, com duração de seis meses, de fevereiro a agosto, consta informática com tópicos de uso do email, pen drive, pesquisa no Google, planilhas e conteúdo.

Segundo o bacharel em Ciências da Computação e instrutor do Ceproesc de Inclusão Digital, Eduardo Castanheira, o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e os jovens devem aproveitar ao máximo a oportunidade oferecida pela Prefeitura e Ceproesc. “A informática é essencial para todos e vamos dar ênfase no Excel”, destaca Castanheira.

Esperança

Para a jovem Ana Beatriz dos Santos Silva, de 17 anos, estudante do 3º ano do ensino médio, que gosta de estudar Português e Inglês, “o programa é uma oportunidade para adquirir conhecimento e experiência”.

A esperança do primeiro emprego é o objetivo de Matheus Santos Thomáz de Assis, que foi indicado pelo Cras São Rafael e pretende estudar sociologia.

A parceria consiste na indicação dos jovens e a viabilização do transporte pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social e o Ceproesc coloca à disposição toda sua estrutura.

Texto e Foto: Prefeitura Municipal de Araraquara