Desde setembro deste ano a Carteira de Trabalho é digital. O aplicativo existe desde 2017, no entanto, passou a substituir o documento físico após regulamentação feita em agosto. A medida faz parte da Lei da Liberdade Econômica, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, em 20 de setembro.

Todos os contratos de trabalho, novos e já existentes, e todas as anotações, como férias e salário, serão feitas eletronicamente. O trabalhador pode acompanhá-las de qualquer lugar pelo aplicativo ou pela internet.

De acordo com informações da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, todo o cidadão brasileiro, com CPF, já possui uma Carteira de Trabalho Digital. Não é necessário pedir a emissão do documento. Para quem nunca trabalhou com registro em carteira, o documento digital aparece apenas com dados pessoais de qualificação civil.

Para acessar, é preciso ter cadastro no sistema acesso.gov.br, informando seus dados pessoais e respondendo algumas perguntas sobre sua trajetória de trabalho. Após cadastro, sua carteira estará disponível no link https://servicos.mte.gov.br.